06.09.2019

Policia Federal recolhe bens de empresa de suspeito por tráfico internacional de drogas no Norte de SC

A Polícia Federal recolheu nessa semana os bens de um dos investigados na Operação Joias do Oceano, que estavam em uma empresa em São Francisco do Sul, no Litoral Norte de Santa Catarina. O homem é suspeito por tráfico internacional de drogas e está detido no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí.

Segundo a PF, os produtos teriam sido adquiridos com dinheiro oriundo do tráfico de cocaína, exportada pelos portos de Itajaí e Navegantes. De acordo com a Operação Oceano Branco, entre 2016 e 2017, mais de 8 toneladas de cocaína foram enviadas para países da Europa, além de México e Estados Unidos.

Dentre os mais de R$ 75 milhões sequestrados durante a operação, estão os bens adquiridos e investidos na empresa ligada ao suspeito. O local prestava serviços de locação de máquinas e equipamentos e é especializada em movimentação de cargas em portos e terminais logísticos.

Além de 28 máquinas pesadas, também foram removidas duas embarcações e seis veículos de lazer. Os bens foram transferidos para um depósito vinculado ao leiloeiro oficial da SENAD/MJ (Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas). A expectativa é que sejam arrecadados mais de R$ 2 milhões com o leilão.

Com a retirada do maquinário e a realização do leilão judicial, a expectativa é que as atividades da empresa sejam encerradas nos próximos dias.


Participação em eventos

Dr. Luiz Felipe Mallmann de Magalhães, participando de diversos eventos no Brasil, em prol da advocacia nacional.